Top 8 tendências em jardinagem para 2010

Média: 4.8 (4 votos)
Regador e botas cor de rosa

Ano novo, jardim novo. Entre a jardinagem em vasos e a duas cores, passando pela aposta no orgânico, na qualidade e num estilo de jardim muito próprio, 2010 vai trazer uma lufada de ar fresco no que toca a tendências para todos os jardins.

  1. Local é melhor do que global. Ter um jardim com plantas, arbustos e árvores tropicais e exóticas está completamente out. O que está in em 2010 é apostar numa jardinagem com espécies locais, apropriadas ao solo e ao clima onde serão plantados.
  2. A duas cores. Em relação às flores, este ano o destaque vai para floreiras com espécies de duas cores, nomeadamente o branco em conjunto com outro tom como o amarelo, o azul ou o vermelho.
  3. Em vaso. Cultivar flores, plantas, fruta e legumes em vasos e/ou floreiras continua a ser uma forte tendência, incentivando mesmo quem vive em espaços pequenos ou apartamentos que ter um jardim bem sucedido é possível. Esta é uma moda que transita de 2009.
  4. Água em moderação. Poupar água é já uma preocupação ambiental à escala global e nos nossos jardins não deve ser diferente. Regar de manhã ou à noite para o solo reter mais água e aproveitar a água da chuva são apenas duas maneiras de poupar água na jardinagem.
  5. Pedras perdidas. As pedras e rochas – principalmente as de grandes dimensões – utilizadas para decorar os jardins deixam de ser moda e são substituídas por flora viva, em particular arbustos e árvores.
  6. Orgânico sempre. Já foi uma forte tendência em 2009 e vai continuar a crescer de forma sustentada em 2010. Cultivar flores comestíveis, ervas aromáticas, fruta e legumes para consumo próprio é algo que qualquer jardineiro anseia e a verdade é que, mesmo com o cultivo em vasos, é possível ter produtos orgânicos frescos à porta de casa, nem que seja num apartamento.
  7. Apostar na qualidade. 2010 vai ser o ano para apostar na qualidade nomeadamente em termos da aquisição de ferramentas e equipamento de jardinagem diverso. Deixar de comprar muito e de fraca qualidade – para durar apenas uma estação – é agora substituído pela mentalidade de investimento a longo prazo, ou seja, comprar utensílios melhores – mesmo que sejam mais caros – mas com a garantia de que vão durar muitos e longos anos.
  8. Jardim personalizado. Todos sabemos que um belo jardim, seja ele qual for, dá trabalho… mas também tem de dar prazer. Para além de encher o jardim de flores e fragrâncias que realmente aprecia, a tendência é para a criação de um espaço zen, um verdadeiro refúgio que pode ser desfrutado em pleno – adicione algumas cadeiras, poufs, chaise longues, uma mesa de apoio e iluminação adequada para que não falte nada no seu jardim privado.
Média: 4.8 (4 votos)