As plantas que melhor combinam com as orquídeas

Sem votos

Pertencentes à família Orchidaceae e à ordem Asparagales, as orquídeas apresentam variadíssimas cores e tamanhos. A sua beleza delicada presta-se a bonitos arranjos florais, no entanto nem todas as plantas ficam bem ao lado de uma orquídea. A seguir vamos conhecer as plantas que melhor combinam com as orquídeas.

Lírios

Lírios

A elegante suavidade das orquídeas combina perfeitamente com a graciosidade dos lírios. De acordo com a tradição os lírios simbolizam a pureza, e são considerados como uma planta nobre dentro do reino das flores. Esta planta originária da Europa, Ásia e América do Norte é perfeita para o seu jardim, apenas necessita de cuidados especiais e de algum conhecimento no seu manuseio. As suas cores fortes e variadas fazem combinação perfeita com as orquídeas, funcionando uma planta em complemento da outra.

Gerberas

Gerberas

As gerberas pertencem à mesma família dos girassóis e das margaridas, e são muito utilizadas em arranjos ornamentais fazendo uma bonita combinação com as orquídeas. São nativas da África do Sul e existem em várias cores, tamanhos e formas. As cores mais usuais nas gerberas são o amarelo, branco, rosa, vermelho, púrpura e laranja. As gerberas, fazendo lembrar os malmequeres silvestres emprestam um ar campestre de leveza que vai muito bem com a elegância da orquídea.

Rosas

Rosas

Da família Rosaceae e do género Rosa, as rosas são as “rainhas das flores”. Existem mais de 100 espécies de rosas, e uma grande variedade de cores e tamanhos diferentes. Diz-se que a primeira rosa nasceu num jardim asiático há cerca de 5.000 anos, e desde então até aos dias de hoje as rosas não mais pararam de encantar pelo seu aroma suave, e pela sua beleza clássica e serena. Combinar rosas com orquídeas é juntar duas das mais nobres flores, reunindo os dois expoentes máximos da elegância e do requinte floral.

Antúrios

Antúrios

Os antúrios são bonitas flores que apesar de preferirem a luminosidade, não se dão muito bem com o sol. Da família Araceae, ou das aráceas, os antúrios são oriundos da América Central e são muito requisitados para arranjos florais e ornamentação de jardins. Notáveis pelo brilho inusitado das suas pétalas, que quase fazem supor tratar-se de uma planta artificial, o antúrio contrasta na perfeição com a discrição das orquídeas. Existem antúrios de várias cores tais como rosa, branco, verde púrpura e laranja, mas os vermelhos são inegavelmente os mais procurados devido à sua cor forte e luzidia. Juntar um antúrio com uma orquídea é tarefa apenas para os mais audazes, mas o resultado é muito positivo, ficando a elegância da orquídea realçada pela exuberância do antúrio.

Estrelícias

Estrelícias

Introduzidas na Europa há pouco mais de 200 anos, as estrelícias são originárias da África do Sul, mais propriamente do Cabo da Boa Esperança. Da família Strelitziaceae, esta planta também conhecida como ave-do-paraíso apresenta cerca de 1,20 m de altura, tem caules compridos e folhas duras e grandes em formato ovalado. As pétalas desta flor costumam ser de uma tonalidade amarelo-alaranjada com laivos azuis, e trata-se de uma planta tropical que se dá melhor em climas mais quentes. Muito utilizada para decoração e ornamento de jardins, a espécie Streltzia Reginae é a mais procurada de entre as Estrelícias. Usadas em arranjos florais juntamente com orquídeas, as estrelícias formam um belo efeito visual, contrabalançando a delicadeza das orquídeas com a garridice das suas cores e formatos.

Hortênsias

Hortênsias

As hortênsias são originárias do Japão e da China, são cultivadas desde há muito tempo devido à sua beleza ornamental e o seu cultivo espalhou-se pelo mundo a partir do século XIX. Pertencem à família Hydrangeaceae e apresentam flores rosadas quando plantadas em solo alcalino, e floração azul quando plantadas em solo ácido, podendo também apresentar tom arroxeado em qualquer uma das circunstâncias. O nome científico das hortênsias é “Hydrangea Macrophylla”, o que significa “bebedouro de água” e existem mais de 600 variedades diferentes de hortênsias. As hortênsias podem atingir 1,5 m de altura e com as suas flores fazem-se lindos arranjos florais. Sendo uma flor muito composta a nível de pétalas, uma ou duas hortênsias são o suficiente para compor um belo ramalhete, e quando misturadas às orquídeas fazem sobressair muito vantajosamente a compleição graciosa da orquídea.

Jacintos

Jacintos

Os jacintos podem ser plantados em vasos, ou em jardim e são uma ótima escolha para formar belos arranjos florais com orquídeas. De aspeto alongado, a flor do jacinto combina muito bem com a dimensão mais reduzida da orquídea. As suas cores são variadas e compreendem o branco, rosa, vermelho, azul e laranja abrindo muitas possibilidade de escolha no que diz respeito a formar combinações perfeitas com as cores das orquídeas. Nativos da África do Sul e da região do Mediterrâneo, os jacintos têm um perfume intenso e muito agradável, o que aliado à sua beleza fez deles favoritos para todo o tipo de decorações florais. Pertencem à família Asparagaceae, e são um género de planta perene e bulbosa.

As orquídeas são tão bonitas que mesmo sozinhas formam belos jardins floridos ou deslumbrantes canteiros de jardim. Contudo, quando aliadas a outras flores o seu brilho é ainda maior e mais intenso. Desde que conjugadas com bom gosto e a criatividade, existe uma quase infinidade de plantas que se podem combinar com as elegantes orquídeas.

 

Imagens: 1,2,3,4,5,6,7
Sem votos