Plantar e cuidar da relva

Média: 4.5 (11 votos)
Homem a cortar a relva

A relva é um dos elementos mais importantes na constituição e decoração de um jardim. Nesse sentido, saiba como plantar relva num jardim e aprenda quais são os principais cuidados a ter em conta na sua manutenção.

Como plantar relva num jardim

Plantar relva num jardim é um processo de fácil execução que traz consigo inúmeras vantagens se for feito corretamente. Para plantar relva num jardim e para fazê-lo com sucesso, deve cumprir com os passos seguintes:

Escolher o tipo de relva

Existem vários tipos de relva disponíveis no mercado, como a festuca, a poa, a relva inglesa, a relva castelhana, o azevem, a bermuda, entre outras. Todas elas têm diferentes períodos de germinação e são plantadas de acordo com determinadas condições meteorológicas. Dirija-se a uma loja de jardins especializada ou a um viveiro para conhecer o tipo de relva mais apropriado para o seu jardim e escolha o mais indicado para enfrentar as temperaturas da região onde vive.

Avaliar a área de superfície do seu gramado

Verifique qual é a área do seu relvado para determinar a quantidade de sementes necessárias para a sua plantação. No verso das embalagens das sementes de relva consta a informação acerca do número de sementes que devem ser colocadas na terra por cada metro quadrado. Assim, já fica com uma ideia sobre a quantidade de sementes que são precisas para construir o seu tapete esverdeado.

Fertilizar a terra

Antes da plantação das sementes de relva, deve fertilizar a terra com cerca de dois ou três dias de antecedência. Ao fazê-lo estará a fazer com a terra fique o mais fértil possível e estará a zelar pela saúde do seu jardim. Opte pela utilização de fertilizantes orgânicos para que a terra tenha todos os nutrientes indispensáveis para o crescimento saudável de uma relva forte.

Distribuir as sementes de relva

Para distribuir equitativamente as sementes de relva é necessário utilizar um propagador de sementes. Deve enchê-lo pela metade e começar a colocar as sementes na terra. Movimente-se a um passo ligeiro e percorra todo o comprimento do gramado em direções alternadas. Depois de ter plantado todo o comprimento da superfície do relvado, deve lançar as restantes sementes pela largura do mesmo. Este é o método mais eficaz no que à distribuição de sementes de relva diz respeito, uma vez que possibilita que a relva cresça de uma forma uniforme em todos os locais.

Cobrir as sementes de relva com uma camada de palha

Deve colocar uma camada fina de palha, turfa ou casca seca à superfície da terra para evitar que as sementes sequem ou sejam atacadas por pássaros. Assim, estará a protegê-las da melhor maneira, garantindo também o seu crescimento.

Regar as sementes de relva

Depois de ter lançado as sementes para a terra, é essencial que a irrigação seja efetuada com regularidade. Certifique-se que o solo mantém-se húmido a uma profundidade de 15 a 20 centímetros para que o desenvolvimento e crescimento da relva nunca fiquem comprometidos. Tenha em mente que a pressão da água deve ser baixa, uma vez que a alta pressão acaba por levar as sementes para longe da sua zona de cultivo.

Quais os cuidados principais a ter com a relva de um jardim

A relva de um jardim necessita de muitos cuidados ao longo do ano para se manter sempre com um aspeto brilhante e saudável. Para que o seu relvado esteja sempre nas melhores condições de utilização, é necessário cuidar dele com a máxima atenção e cumprir com os aspetos seguintes:

Cortar a relva: para ter um gramado impecável, é necessário cortar a relva do seu jardim com regularidade. Utilize um bom cortador de relva e mantenha o seu gramado sempre aparado. É aconselhável que não o corte muito rente, pois isso coloca uma enorme tensão e stress sobre a relva, fazendo com que ela fique seca e castanha. No Verão, mantenha o seu relvado mais alto, pois assim as raízes ficam mais profundas e as ervas daninhas não aparecem com tanta frequência.

Regar a relva: Para cuidar de um relvado da melhor maneira possível, deve regá-lo com regularidade, dando-lhe uma quantidade generosa de água. Em climas secos, a rega é uma prioridade, ao passo que nos locais com climas mais húmidos, a rega só é necessária quando não chove há mais de uma semana. Tenha em atenção que nunca deve regar o seu relvado nas horas mais quentes do dia, uma vez que a luz solar é ampliada através da água e isso vai fazer com que ela funcione como um espelho, queimando o relvado.

Afiar as lâminas do cortador de relva: as lâminas de um cortador de relva devem ser afiadas para que a relva seja cortada de uma forma limpa em vez de ser arrancada. Quando é arrancada, é mais difícil para a relva fechar e curar-se e isso faz com que a planta fique mais suscetível à ação de pragas e doenças. Para que tal não aconteça, deve afiar as lâminas do seu cortador de relva a cada primavera para que a relva seja corretamente aparada.

Manter as pessoas fora do relvado: o pisar da relva faz com que esta perca o seu brilho e vivacidade. Nesse sentido, é importante manter as pessoas afastadas do seu relvado, pois assim estará a poupá-lo a esforços e conseguirá mantê-lo sempre deslumbrante.

Proteger o relvado da neve do inverno: a neve transforma por completo a paisagem natural de um jardim, na medida em que o tapete esverdeado passa a ser coberto por um manto branco e cristalino. Para proteger o seu relvado da neve do inverno, deve espalhá-la por todo o gramado para que ela derreta o mais rapidamente possível. Tenha em atenção que o acumular de neve numa determinada zona vai queimar a relva que se encontra nesse mesmo local.

Fertilizar corretamente a terra do relvado: a boa nutrição da terra de um relvado vai fazer com que o tapete esverdeado adquira um aspeto fresco e brilhante. Nesse sentido, deve dedicar especial atenção à colocação de fertilizantes num gramado, sendo que os mais utilizados são os fertilizantes orgânicos. Eles são ricos em nitrogénio, ferro e potássio, o que é fundamental para o crescimento da relva.

Média: 4.5 (11 votos)