Como plantar milho doce

Média: 3.7 (11 votos)
Milho doce

O milho doce é um dos vegetais mais apreciados e populares em todo o mundo e isso deve-se à sua frescura e ao seu sabor açucarado. Saiba como plantar milho doce no jardim e acrescente um dos vegetais mais ricos e completos à sua alimentação.

A origem e a constituição do milho doce

O milho doce tem o nome científico de Zea mays L e pertence à família das Poáceas ou Gramíneas. Ele é originário da América, provavelmente da região onde se situa o México, e já é utilizado há sensivelmente 10.000 anos. A cultura do milho doce é normalmente anual, a propagação é feita por sementes e a plantação é feita diretamente na terra.

O milho doce possui, em média, uma altura de 1,30 a 2,50 metros de comprimento, tem um caule ereto, cilíndrico e fibroso e, geralmente, é coberto por bainhas. As folhas são de tamanho médio ou grande, apresentam uma cor verde, são flexíveis e têm um nervo central branco, liso e bem visível. A planta produz uma flor masculina na sua parte mais alta, onde produz os grãos de pólen e uma flor feminina que é a espiga, que se situa a meia altura da planta.

As variedades de milho doce

As variedades de milho doce são geralmente caracterizadas pela sua cor, data de amadurecimento e doçura e são classificadas em dois grandes grupos:

A variedade de polinização aberta: são reconhecidas mais de 63 variedades de polinização diferentes que têm sido utilizadas desde o início do século XX. Todas elas foram alteradas a partir do milho do campo e das mais importantes, o Golden Bantam tornou-se uma das mais populares. O maior problema deste tipo de variedade está relacionado com a dificuldade de armazenamento por um longo período de tempo.

A variedade híbrida: representa a evolução dos trabalhos que foram realizados na variedade de polinização aberta. Esta variedade pode ser armazenada por um período de tempo mais alargado, é mais fácil de crescer e garante um melhor rendimento das colheitas.

Os tipos de grãos de milho doce

O milho doce apresenta grãos que podem ser brancos, amarelos e brancos e amarelos. No entanto, a cor do grão de milho não representa qualquer tipo de indicador, nem vai determinar a doçura do próprio milho. Em relação à doçura, os grãos de milho são classificados em quatro tipos distintos:

  1. Grãos padrão: contém 6% de sacarose e tem o gene “su-1” que é o responsável por transformar o açúcar em amido. Quando se realiza o cultivo de milho desta classe, ele necessita de ser colhido no tempo mais apropriado e consumido imediatamente.
  2. Grãos de açúcar reforçado: contém o gene “se” que é o responsável pelo aumento do teor de açúcar no milho doce. Esta classe faz com que o açúcar demore mais tempo a transformar-se em amido. Se armazenar este tipo no frigorífico, pode manter a sua doçura durante um período de dois a quatro dias.
  3. Grãos súper doce: esta variedade, como o próprio nome indica, é a mais doce delas todas. Tem o gene “sh-2” que aumenta os níveis de sacarose do grão de milho em duas ou três vezes mais do que o tipo padrão. O resultado é a manutenção da sua doçura durante mais tempo, fazendo com que esta variedade seja a ideal para exportar.
  4. Grãos sinérgicos: é uma classe relativamente nova que se distingue por combinar todos os genes (su-1, se, sh-2). Fá-lo de tal forma perfeita que uma única espiga pode conter uma variedade de grãos e sabores diferentes.

A preparação do solo para o cultivo do milho doce

Em comparação com outros alimentos que possa ter na sua horta ou jardim de vegetais, o milho doce não requer muita atenção. Contudo, um dos maiores cuidados que deve ter é com o solo. Tenha em consideração os aspetos seguintes:

O tipo de solo: o milho doce pode crescer em muitos tipos de solo, no entanto, a terra utilizada deverá ter humidade suficiente e ser bem abastecida em húmus para atingir bons resultados. O melhor solo para plantar o milho doce é ligeiramente ácido e deve ter um pH de 5,8 a 7.

A temperatura do solo: idealmente, a temperatura do solo deve ser superior a 10 graus centígrados. No entanto, para diferentes grãos de milho, a temperatura deve variar. Por exemplo, o tipo de grão súper doce necessita que as temperaturas do solo atinjam um mínimo de 15 graus centígrados, caso contrário, o processo de germinação demora muito mais tempo. Tenha em mente que a temperatura determina o tempo que o milho doce leva a emergir.

O adubar do solo: antes da plantação do milho doce, é aconselhável que a terra de cultivo tenha sido fertilizada adequadamente e não tenha sido utilizada durante um determinado período de tempo. Nesse sentido, é uma boa ideia começar a preparar o solo no Outono ou no Inverno anterior e adicionar adubo ou fertilizantes orgânicos para enriquecer o solo. Pode utilizar a terra de cultivo de outras culturas, como a do feijão ou ervilha, pois a terra que foi utilizada na plantação destes vegetais é muito rica em nitrogénio e essa é uma substância muito importante no crescimento do milho doce.

A drenagem do solo: ao cultivar o milho doce, tenha em atenção que deverá ter um sistema de drenagem adequado. Se a água do solo entupir, isso não vai ajudar no crescimento do milho doce e pode conduzir a uma má colheita. Realize a plantação do milho doce num local elevado ou certifique-se que a terra do seu jardim tem um ótimo sistema de drenagem. Deve também observar se existem ervas daninhas na sua cultura. As ervas daninhas têm a fama de estragar a plantação de vários vegetais, como a batata, o ruibarbo, a alface, entre outros, e o milho doce não é exceção. Se existirem ervas daninhas, deve removê-las imediatamente para que estas não coloquem em causa o crescimento das sementes do milho doce.

Como plantar o milho doce

A cultura do milho doce é realizada durante todo o ano e para obter os melhores resultados deve seguir os passos seguintes:

Escolher as variedades de milho doce adequadas: deve dirigir-se a uma loja da especialidade ou loja de sementes para conhecer quais as variedades de sementes de milho doce que melhor se adaptam à sua terra.

Selecionar os tipos de grãos de milho: Todos os tipos de grãos de milho podem ser plantados numa horta ou jardim de vegetais, no entanto, existem pessoas que preferem que os seus grãos de milho sejam mais doces. Dessa forma, deve decidir quais os tipos de grãos de milho que vai utilizar na sua plantação.

Plantar as sementes na terra: para obter um bom cultivo do milho doce, deve plantar as sementes na terra numa configuração quadrada, ou em pelo menos duas fileiras. Isto é essencial, pois o milho doce depende do vento para a polinização e obtêm-se os melhores resultados quando os caules de milho estão próximos uns dos outros.

Espaçar as sementes na terra: as sementes devem ser colocadas a um centímetro de profundidade e devem estar espaçadas umas das outras em 20 ou 30 centímetros. Por outro lado, deve criar pelo menos duas fileiras e estas devem estar separadas à distância de 30 a 40 centímetros.

Regar com regularidade: o milho doce necessita de uma rega regular para que o solo não fique seco. Deve ter em atenção se no mesmo local brotam duas plântulas: se isso acontecer, deve retirar aquela que é mais frágil e tornar a plantá-la num outro local. Quando a sua colheita atingir uma altura de 50 centímetros, deve diminuir o número de regas. Por outro lado, se constatar que as folhas começam a enrolar, isso é sinal que necessitam de mais água para o seu crescimento.

Quando colher o milho doce

A colheita do milho doce deve ser realizada quando as espigas apresentam 70 a 80% de humidade e, de preferência, nas primeiras horas da manhã, quando a humidade do ar ainda é alta e a temperatura é menor em relação às outras horas do dia.

Por norma, o período de colheita do milho doce inicia-se 20 a 30 dias depois do seu florescimento, no entanto, pode verificar se o milho está ou não pronto a ser colhido ao observar a cor dos grãos de milho – devem ter uma cor branca ou amarelada. Por outro lado, se picar o núcleo da espiga e verificar que escorre uma substância leitosa, isso é sinal que o milho está pronto a ser colhido. Tenha em atenção que o avanço da maturação dos grãos fazem com que a maior parte do açúcar seja convertido em amido e isso faz com que o milho perca a sua doçura e sabor original.

Para garantir que a sua cultura permanece com a máxima doçura durante um longo período de tempo, deve colocar as espigas colhidas em água gelada e armazená-las num local fresco com temperaturas na ordem dos 0 graus centígrados. À medida que se eleva a temperatura de armazenamento, diminui a vida útil do produto.

Média: 3.7 (11 votos)