Como plantar um jardim de vegetais

Média: 4.4 (22 votos)
Cenouras

Um jardim não tem de ser exclusivamente composto por flores que colhemos para decorar as nossas casas – pode também ser cultivado com vegetais, 100% naturais que passam diretamente da terra para as nossas cozinhas e mesas. Aprenda a plantar um pequeno jardim de vegetais e entregue-se à jardinagem gastronómica!

Onde

Para criar um pequeno jardim de vegetais não é necessário uma grande extensão de terreno – basta um metro quadrado para plantar as primeiras sementes e cultivar os primeiros vegetais. Na realidade, não precisa sequer de um terreno, ou seja, se viver num espaço sem jardim, pode mesmo assim criar um pequeno jardim de vegetais. Como? Recorrer a um contentor ou caixa de um metro quadrado ou então espalhar os vegetais por vários vasos de grandes dimensões.

Como

Existem apenas 4 requisitos importantes para assegurar o sucesso de um jardim de vegetais: uma terra leve e fértil em nutrientes; uma exposição solar de cerca de 6 horas por dia; água para uma rega diária; algum tempo e dedicação – o que não será difícil quando começar a ver os vegetais que plantou a crescer, a ganhar vida e cor!

O quê

Na escolha dos vegetais a plantar num jardim, deve ter-se em conta os seguintes critérios:

  • Os gostos de quem vai consumir os vegetais: plante apenas os vegetais que aprecie e que sabe que vão ser consumidos.
  • Tipo de vegetais: para além de plantar vegetais que aprecie, saiba que existem alguns vegetais mais fáceis de cultivar do que outros, caso da alface, tomates, beringela, pimentos, cebolas, cenouras, feijão-verde e ervilhas de quebrar, por exemplo. Para além disso, antes de adquirir qualquer tipo de semente ou enxerto, deve informar-se bem sobre cada espécie – se permite uma ou várias colheitas, quantas vezes por ano, se necessita de muito espaço ou se pode ser cultivada num vaso.
  • A quantidade a plantar: dependendo do tamanho da família em questão, dos hábitos de consumo de vegetais e se os vegetais escolhidos para plantar dão ou não muitos frutos, deve eleger a quantidade que pretende cultivar. Se é a primeira vez que vai cultivar um jardim de vegetais, comece com menos.

Do jardim para a mesa

Nem todas as pessoas se podem dar ao luxo de dizer que comem o que cultivam – um verdadeiro privilégio se considerarmos que os vegetais cultivados num jardim caseiro ganham em cor, textura e sabor, não sendo comparáveis aos vegetais adquiridos no supermercado. Depois de comprovado que um jardim de vegetais não requer muito mais trabalho para além do semear, regar, apanhar; e, claro, depois de ter provado os seus vegetais à mesa, a tentação será para continuar a jardinar, talvez em maiores quantidades, talvez com novos vegetais à mistura.

Média: 4.4 (22 votos)