Como plantar e cuidar de árvores

Média: 3.6 (17 votos)

As árvores desempenham uma importância extraordinária na constituição de um jardim, uma vez que são as principais responsáveis pela formação de locais com sombra e pela melhoria da qualidade do ar. Além do mais, elas são um elemento de decoração excecional, pois combinam com vários tipos de plantas. Saiba como plantar e cuidar de árvores e melhore a qualidade e a beleza do seu espaço exterior.

A plantação de árvores

Para adquirir árvores e plantá-las no seu jardim, primeiro deve deslocar-se a uma estufa ou loja de jardins especializada e informar-se acerca das melhores espécies que lá poderá adquirir. Tenha em consideração que o sucesso de uma plantação está relacionado com a forma como a terra é trabalhada e preparada. Nesse sentido, para que o cultivo de árvores seja feito de uma forma exemplar, é necessário cumprir com os aspetos seguintes:

Regar as árvores com regularidade

Todas as árvores – mesmo as espécies mais tolerantes à seca – precisam de ser regadas com frequência durante os primeiros anos após a sua plantação. Este é um passo fundamental que vai fazer com que as raízes das árvores se desenvolvam e atinjam a profundidade necessária para conservar uma determinada árvore ou arbusto nos períodos de seca mais rigorosos. Depois de terem o seu sistema radicular estabelecido, a maioria das árvores necessita apenas de uma irrigação frequente.

Fertilizar a terra de plantação corretamente

A fertilização regular da terra de cultivo é muito importante na plantação de árvores, principalmente nos primeiros anos de vida. Ao fazê-lo, a terra fica mais rica e nutrida e isso é essencial para o crescimento de todas as árvores, plantas e flores. Assim que uma árvore estiver bem fixada à terra, ou seja, com as raízes bem profundas, ela poderá crescer de forma autónoma, sem qualquer tipo de reforço de alimentação. É de realçar que a alimentação adicional só deverá ocorrer nos casos em que as árvores se apresentam fracas, debilitadas ou subnutridas.

Como formar um tronco de árvore forte

As árvores jovens desenvolvem um tronco forte mais rapidamente se os seus ramos mais baixos estiverem numa posição correta após a respetiva plantação. Nos primeiros anos, os ramos laterais devem ser cortados apenas se ficarem muito grossos ou compridos, caso contrário não o deve fazer. Por outro lado, deve ter em atenção que a poda dos ramos das árvores deve ser efetuada apenas no período de dormência das plantas ou um pouco antes das plantações da primavera. Assim que um tronco adquira 5 centímetros de espessura, deve começar por remover os ramos mais baixos de forma gradual, durante um período de vários anos.

A colocação de estacas numa árvore

Uma árvore jovem conseguirá desenvolver um tronco mais forte se crescer sem qualquer tipo de suporte ou estacas. No entanto, se uma árvore for plantada num local com muito vento ou se o tronco principal for muito fraco para permanecer em pé sozinho, esse mesmo tronco deverá ser reforçado com a colocação de estacas ou apoios para ajudar a respetiva árvore a crescer. Para utilizar as estacas corretamente, deve seguir os passos seguintes:

  1. Utilize um laço que não prejudique ou danifique o exterior da respetiva árvore. É aconselhável que utilize materiais de lona ou de borracha para não prejudicar o crescimento da árvore;
  2. Prenda o laço ao redor da árvore e coloque estacas ou apoios de cada um dos lados do tronco;
  3. Verifique se a árvore não fica apertada demais. Ela deve ficar folgada ao ponto de conseguir ser agitada cerca de 2, 5 centímetros para cada lado.

Para descobrir onde fixar os laços das estacas, no caso do tronco da árvore ser fraco, deve passar a mão no respetivo tronco até encontrar um local sem falhas. Deve cortar as estacas um pouco acima dos laços para que a árvore não entre em stress e para que se consiga desenvolver corretamente. Também é de realçar que num local ventoso, as raízes de uma árvore jovem também poderão precisar de âncoras para ficarem em contacto firme com a terra e, como tal, deve colocar apoios específicos acima do solo para as segurar de uma forma eficaz. No final de um ano, todas as estacas e apoios devem ser removidos, para que a árvore fique autónoma e seja auto sustentável.

A proteção do tronco de uma árvore jovem

Para que uma árvore jovem consiga sobreviver a qualquer tipo de situação, é necessário que ela esteja em observação constante para que possa crescer de uma forma saudável e consistente. Deve envolver o tronco da árvore recém-plantada de modo a protegê-la dos ventos secos, do sol quente, da destruição de animais selvagens, como os veados, ou até mesmo os roedores, e dos danos provocados pelos cortadores de relva.

Para envolver o tronco da árvore de uma forma conveniente, deve utilizar um saco de aniagem ou um tronco pré-fabricado com material de acondicionamento. Tenha em mente que estes materiais devem ser retirados um ano depois de terem sido colocados, quando a casca se tornar mais espessa e resistente.

Média: 3.6 (17 votos)