Como evitar que a relva se estrague

Média: 4.2 (5 votos)

A relva é um dos elementos decorativos mais belos e naturais que existe na formação e constituição de um jardim. Nesse sentido, saiba como evitar que a relva se estrague e mantenha sempre o seu tapete esverdeado com um aspeto fresco e saudável.

Tipos de relva

Atualmente, existem vários tipos de relva que podem ser adquiridos para plantar no seu jardim. Dos tipos de relva mais conhecidos, evidenciam-se os seguintes:

A bluegrass: é um tipo de relva que germina entre 14 a 28 dias. Geralmente, é semeada no início de outubro e apresenta um melhor crescimento em locais com sol ou em partes com sombra. É um tipo de relva que não se dá muito bem com as altas temperaturas.

A ryegrass: é um tipo de relva que é muito igual à bluegrass, com a diferença de ter uma germinação mais rápida, pois necessita apenas de 6 a 8 dias para que as suas sementes comecem a crescer.

A festuca: é um tipo de relva que se encontra principalmente na Europa e desenvolve-se melhor no tempo fresco. É conhecida por ter uma cor verde e profunda e germina num período de 7 a 10 dias. Trata-se de um tipo de relva que apresenta um crescimento constante ao sol e em zonas de sombra e é comum encontrá-la nos parques públicos e nos mais variados circuitos de golfe.

A bermuda: é um tipo de relva que se dá melhor nos meses mais quentes e o seu período de germinação é de 6 a 8 dias. A sua plantação deve ser efetuada no final da primavera para que esteja com o melhor aspeto no verão.

Como evitar que a relva se estrague

Independentemente do tipo de relva que tenha no seu jardim, esta pode ficar escurecida e estragada se não for corretamente tratada. Para que isso não aconteça, deve cumprir com os aspetos seguintes:

A plantação da relva

Existem momentos mais apropriados do que outros para plantar a relva no seu jardim. Opte por lançar as sementes à terra no início da primavera, nomeadamente em março, abril ou setembro, depois do calor do verão e antes das geadas de inverno. Estas são as alturas mais indicadas para que a relva possa crescer de uma maneira sustentada e saudável. Todos os anos deve colocar novas sementes na terra para que a relva fique com uma aparência robusta e deslumbrante.

A rega da relva

A água é crucial para a saúde da relva de um jardim, uma vez que lhe garante todos os nutrientes necessários para o seu crescimento e desenvolvimento. Se a relva do seu jardim estiver exposta por longos períodos de tempo ao sol, é natural que necessite de ser regada com mais frequência. Nos meses mais quentes, tenha em consideração que é necessário regar a relva do seu jardim com mais regularidade, ao contrário dos meses mais frios. É também importante que conheça o tipo de solo que possui, isto é, uma terra orgânica e rica em nutrientes não precisa de tanta água como uma terra arenosa ou argilosa.

O cortar da relva

O cortar com assiduidade a relva de um jardim impede que ela escureça e, ao mesmo tempo, estimula o seu crescimento. Tenha em atenção que não existe a necessidade de cortar a relva rente ao solo, pois poderá estar a colocar nela uma tensão excessiva. O ideal é cortá-la a uma altura de 7 a 7,5 centímetros e mantê-la sempre aparada. Se cortar a relva muito curta, o sistema radicular pode ficar enfraquecido e isso pode conduzir ao escurecimento das suas folhas. Utilize sempre um saco no seu cortador de relva para armazenar as aparas da relva e para manter sempre o seu jardim com um aspeto limpo e arrumado.

A utilização de fertilizantes

A utilização de fertilizantes no solo vai permitir que a relva cresça de uma forma mais forte e saudável. Opte pela utilização de fertilizantes orgânicos para que a terra tenha todos os nutrientes indispensáveis para o seu crescimento. Os tipos de relva que se dão melhor nos meses mais quentes devem ser fertilizadas no verão e aquelas espécies que florescem nas épocas mais frescas, devem ser fertilizadas no início da primavera e depois do início do outono.

Quais as ferramentas e materiais necessários?

Para evitar que a relva do seu jardim se estrague, é fundamental reunir os utensílios seguintes:

  • Água;
  • Mangueira;
  • Cortador de relva;
  • Saco para o cortador de relva;
  • Fertilizantes adequados.
Média: 4.2 (5 votos)