Como cultivar plantas e flores tropicais no seu jardim

Média: 4.1 (12 votos)

Os países tropicais são populares pela riqueza da sua flora e isso deve-se à variedade e qualidade das plantas e flores que lá existem. Saiba como cultivar plantas e flores tropicais no seu jardim e dê um toque exótico e exuberante ao seu espaço exterior. 

O local onde vive

Um dos fatores mais importantes para o cultivo de plantas e flores tropicais é determinado pelas condições climatéricas do local onde habita. Um país como, por exemplo, o Havai, tem o clima ideal (alta temperatura e humidade elevada) para o cultivo de plantas e flores tropicais, no entanto, é possível fazê-lo num ambiente não-tropical.

Quais os melhores locais para cultivar plantas e flores tropicais

Os melhores locais para cultivar plantas e flores tropicais são normalmente os que se encontram no litoral e os que apresentam as maiores temperaturas ao longo do ano. O clima mais ameno é essencial para o crescimento das plantas e flores tropicais, uma vez que lhes oferece toda a luminosidade e humidade necessária para o seu desenvolvimento.

Por outro lado, se o local onde vive tem um clima mais frio e não se situa perto da costa, é necessário que seja mais seletivo na escolha das plantas e flores tropicais para o seu jardim, pois existem algumas variedades que são mais resistentes do que outras face a determinadas condições climatéricas adversas. Tenha em consideração que muitas delas terão de ser transportadas para dentro de casa para que consigam sobreviver e prosperar durante os meses de inverno mais rigorosos.

Para conhecer as plantas e flores tropicais que melhor se adaptam à sua região e às condições climatéricas que lá se fazem sentir, deve deslocar-se a um viveiro ou loja de jardim especializada, pois eles têm tudo o que é necessário para que a plantação seja um sucesso.

O cultivo de plantas e flores tropicais

O cultivo de plantas e flores tropicais está relacionado com as condições atmosféricas de uma determinada região e pode ser realizado em zonas distintas, como por exemplo:

Ao ar livre

O cultivo de plantas e flores tropicais ao ar livre como, por exemplo, num jardim, é o método de plantação mais eficaz e que melhores resultados oferece, uma vez que as plantas e as flores recebem diretamente a luz do sol e retiram todos os nutrientes principais da terra que são indispensáveis para o seu crescimento.

Numa estufa

Se não tiver condições para cultivar plantas e flores tropicais no exterior da sua casa, pode fazê-lo numa estufa. Este local é quente e mantém facilmente a humidade do ar, o que é fundamental para o desenvolvimento e crescimento das plantas e flores tropicais. Aqui pode administrar a quantidade de luz que a planta recebe e controlar o aparecimento de qualquer tipo de praga ou doença.

Em vasos ou cestas

Se, por outro lado, não tem uma estufa ou se o local onde se encontra não é propício para o cultivo de plantas e flores tropicais no exterior, pode fazê-lo dentro de casa, em vasos ou cestas específicas. Este é o método de plantação mais difícil de ser realizado, dado que muitas plantas e flores tropicais podem não se dar bem com esse tipo de ambiente. Uma marquise é o local mais indicado para colocar os vasos ou cestas de plantas e flores tropicais – caso não a tenha, deve colocá-las junto a uma janela para uma maior luminosidade. Se optar por este método de cultivo, tenha em atenção que as plantas e as flores tropicais necessitam de uma terra rica em fertilizantes e suplementos nutricionais. Certifique-se que rega as plantas de uma forma regular porque no interior e com o ar condicionado, o solo tende a secar mais rapidamente.

Quais as principais espécies de plantas e flores tropicais

Existem várias espécies de plantas e flores tropicais no mercado e cada um delas exige determinados cuidados de manutenção. Das mais importantes, destacam-se as seguintes:

Ave-do-paraíso (Strelitzia)

Trata-se de uma flor muito colorida e popular, uma vez que apresenta uma crista brilhante azul e laranja que se assemelha a um pássaro. O cultivo desta planta exige um solo rico em nutrientes e água em abundância. Estas plantas demoram em média cerca de um mês para começarem a germinar.

Hibisco

Esta é outra planta de florescimento muito popular que apresenta uma enorme variedade de cores. Trata-se de uma planta que exige um solo húmido e bem drenado para crescer corretamente e não requer uma exposição solar constante. A hibisco é uma planta que se dá bem no interior de uma casa e é muito utilizada em vasos.

Orquídea

Existem diversas variedades de orquídeas que surgem em cores diferentes e isso faz com que estas plantas sejam as ideais para a construção de um jardim florido e colorido. De uma forma geral, a maioria das orquídeas precisam de muita luz solar e de altas concentrações de humidade para crescerem de uma forma saudável. Por outro lado, é de realçar que elas exigem ser fertilizadas duas vezes por mês durante os meses mais quentes.

Plumeria

Esta é outra planta de florescimento com flores brancas, cor-de-rosa e vermelhas. Elas precisam de ser plantadas num solo arenoso, poroso e exigem uma enorme quantidade de luz solar para crescerem corretamente. Estas flores apresentam um crescimento muito rápido e demoram cerca de duas semanas para que nasçam os primeiros brotos.

 

Créditos imagens: 1,2,3,4
Média: 4.1 (12 votos)