As 5 melhores flores em bolbo para plantar no Outono

Média: 4.2 (13 votos)

Para que as plantas de um jardim floresçam de uma forma saudável, é fundamental que as flores em bolbo sejam plantadas na altura mais apropriada. Dessa forma, saiba quais são as melhores flores em bolbo para plantar no outono para que o seu jardim esteja belo e florido no início da primavera.

1. Íris Holandesa

A Íris Holandesa é uma planta herbácea que pertence à família das Iridaceae. Trata-se de uma flor com um rizoma rasteiro que ostenta um porte ereto e pode atingir cerca de 60 a 90 centímetros de altura. As suas folhas são rígidas e em forma de espada e têm cerca de 35 a 45 centímetros de comprimento e 1,5 a 3 centímetros de largura. Por outro lado, as suas flores são grandes e perfumadas e podem ser de várias cores, como o azul, branco, violeta e laranja, sendo que todas elas apresentam uma mancha amarela no centro.

Existem inúmeras variedades de Íris holandesas e isso garante-lhe uma liberdade suplementar na escolha das flores a utilizar na decoração do seu jardim. Pode optar por escolher a Íris Professor Blaauw se pretende que o seu jardim fique com tons azuis; a Íris “Purple Sensation” se quiser que a sua paisagem tenha uma tonalidade púrpura; e a Íris Royal para uma coloração amarela. 

Como plantar a Íris Holandesa

A Íris Holandesa é uma planta que necessita de ser cultivada em pleno sol e em locais com sombra e apresenta um melhor desempenho numa terra fértil, cuidadosamente fertilizada e bem drenada. Ela deve ser plantada no final do verão, início do outono e deve ficar a pouca profundidade.

2. Tulipas

A Tulipa é o nome popular dado ao extenso grupo de espécies, variedades e híbridos do género Tulipa. Estas plantas são das flores em bolbo mais populares que florescem na primavera. Existem inúmeras espécies de tulipas disponíveis no mercado e todas elas têm a capacidade e a versatilidade de se adaptarem a qualquer tipo de paisagem. As suas folhas podem ser oblongas, ovais ou em forma de lança e a sua haste é ereta com cerca de 15 a 25 centímetros de altura. Por outro lado, as suas flores são frágeis e esbeltas e podem ser de várias cores, o que faz com que estas sejam uma das flores prediletas da maioria dos jardineiros.

Como plantar tulipas

Para que o seu jardim esteja magnífico na próxima primavera, é necessário plantar corretamente as tulipas na terra. Os bolbos de tulipas devem ser colocados com 10 centímetros de profundidade num recipiente de aproximadamente 40 centímetros de diâmetro. Estas plantas exigem um solo fértil e bem drenado e, para prosperarem, é fundamental que sejam regadas com regularidade.

3. Tulipa Híbrida Darwin

A Híbrida Darwin é uma tulipa que foi criada através do cruzamento da tulipa Fosteriana com as tulipas Darwin. Elas são conhecidas pelo tamanho das suas flores, que chegam a atingir cerca de 15 centímetros de diâmetro quando estão completamente abertas. As suas flores podem ser oblongas, ovais e em formas de lança e adquirem a forma de copo, o que faz com que sejam ideais para a decoração de espaços interiores. A maioria das híbridas de Darwin apresentam flores com as cores vermelha e laranja, no entanto, também florescem com as cores branca, rosa, amarela e roxa.

Como plantar tulipas híbridas Darwin

A plantação das tulipas híbridas Darwin deve ser realizada no outono e o solo deve ser solto, fértil, arejado e, acima de tudo, deve estar bem drenado. Os bolbos das tulipas devem ser plantados com a ponta virada para cima, a cerca de 10 centímetros de profundidade e à distância de 15 a 20 centímetros uns dos outros. Tenha em consideração que deve apertar bem a terra de plantação, de modo a evitar o aparecimento de bolsas de ar.

4. Tulipa Papagaio

A Tulipa Papagaio tem origem na Ásia Central e pertence à família das Liliaceae. À semelhança dos papagaios, estas flores apresentam cores brilhantes e deslumbrantes, o que faz toda a diferença no embelezamento de um determinado espaço. A Tulipa Papagaio é uma planta de porte ereto, com alturas entre os 10 e 90 centímetros e as suas folhas são basais, grossas e suculentas. Por outro lado, as pétalas podem ser frisadas, franjadas, pontiagudas ou salpicadas com tons de verde e umas são mais abertas do que outras.

5. Narciso de Alperce

O Narciso de Alperce é uma herbácea de fácil crescimento que pertence à família das Amaryllidaceae. Trata-se de uma planta que se evidencia num jardim e isso acontece devido à singularidade da sua beleza. As suas flores são suspensas por um longo pedúnculo carnudo, podendo ser eretas ou pendentes, em grupo ou solitárias e apresentam uma cor amarela, laranja, branca e creme. São em forma de taças ou tubos e têm cerca de 2,5 a 5 centímetros de comprimento.

Como plantar narcisos de alperce

Os narcisos de alperce devem ser plantados no outono numa terra fertilizada, bem drenada e rica em matéria orgânica. Os seus bolbos devem ser enterrados entre 6 a 15 centímetros de profundidade e à distância de 8 a 15 centímetros entre eles. Tenha em atenção que os bolbos devem estar plantados com a ponta virada para cima e a rega da planta nunca deve ser em excesso, pois isso pode conduzir à sua podridão.

Créditos imagens: 1, 2, 3, 4, 5
Média: 4.2 (13 votos)