12 flores para um jardim florido e colorido

Média: 4.1 (20 votos)
Jardim florido e colorido

Quer colorir o seu jardim com uma variedade de flores e de cores? A estética de um jardim está intimamente relacionada com a variedade e qualidade das flores que lá se encontram. Conheça as 12 qualidades de flores recomendadas para um jardim florido e colorido.

1. Rosas de Escalada

Rosas de Escalada

As rosas de escalada são flores perfumadas que são muito utilizadas na decoração de um alpendre, pérgola, arco ou coluna. Trata-se de flores exclusivas que estão em constante florescimento e são muito resistentes a vários tipos de pragas e doenças. As rosas de escalada dão-se melhor quando são plantadas numa terra húmida e bem drenada e a fertilização do solo deve ser realizada nas estações da primavera, verão e outono. É de destacar que esta flor pode atingir cerca de 6 a 10 metros de altura e 60 a 150 centímetros de largura.

2. Flor de Mel

Flor de Mel

A flor de mel, também conhecida como Álisso, doce Álisso e açafates de prata, pertence à família Brassicaceae. Trata-se de uma planta perene anual que ostenta um perfume de mel muito agradável. Produz inflorescências com muitas flores pequenas, que podem ser de coloração branca, rosa, alaranjada ou roxa. A flor de mel necessita de estar estrategicamente colocada num jardim, dado que precisa de apanhar muito sol para crescer de uma forma saudável. Ela exige um solo húmido e bem drenado e deve ser fertilizada durante a primavera.

3. Dedaleira

Dedaleira

A dedaleira tem o nome científico de Digitalis purpurea e pertence à família das Plantaginaceae. É também conhecida como “campainhas” pelo formato das suas flores e distingue-se das demais por ser uma erva lenhosa ou semi lenhosa venenosa.

A dedaleira pode ser cultivada como planta medicinal por conter nas suas propriedades a digitalina, um elemento muito eficaz no tratamento da arritmia ou insuficiência cardíaca. Por outro lado, ela é muito utilizada como planta de decoração, graças às variedades hortícolas de flores róseas ou brancas que apresenta. Embora seja muito utilizada na medicina, todos os componentes desta planta podem ser tóxicos e o seu manuseamento exige muita atenção.

A dedaleira pode chegar a atingir cerca de 3 a 5 metros de altura e deve ser plantada numa terra húmida, bem drenada e com alguma luminosidade.

4. Margarida de Shasta

Margarida de Shasta

A margarida de Shasta é uma das plantas mais belas e conhecidas em todo o mundo, uma vez que a sua simplicidade recorda todo o esplendor da natureza. Trata-se de uma planta perene da família Asteraceae que tem o nome científico de Chrysanthemum leucanthemum. A sua folhagem é macia e as flores são sustentadas por longos pedúnculos com cerca de 1 a 2 metros de altura. A margarida de Shasta deve ser cultivada num solo fértil e deve ser constantemente regada para que a beleza das suas flores (Link para o artigo 8 flores para plantar no jardim para o Verão) nunca fique comprometida.

5. Asessippi Lilás

Asessippi Lilás

A Asessippi lilás é um tipo de arbusto (Link para o artigo Árvores e arbustos de baixa manutenção para embelezar o jardim) de grandes dimensões com folhas decíduas. Trata-se de uma planta que proporciona uma fragrância a lavanda muito refrescante e o seu período de florescimento acontece durante a primavera. A plantação da Asessippi lilás exige um solo corretamente fertilizado e bem drenado para que a planta se possa desenvolver de uma forma natural. Ela pode chegar a crescer entre os 10 e 12 metros de altura.  

6. Clethra Alnifolia

Clethra Alnifolia

A Clethra alnifolia é um tipo de arbusto que pertence à família Clethraceae. Trata-se de uma planta com flores cor-de-rosa e folhas decíduas e é conhecida por atrair todo o tipo de borboletas. Ela floresce na primavera e ostenta uma altura média de 2 a 2,5 metros. A Clethra alnifolia pode ser plantada em solos húmidos e molhados e, no momento do seu cultivo, deve ter em atenção que esta flor precisa de uma cobertura de palha para conservar a sua humidade.

7. Astilbe

Astilbe

A Astilbe é uma planta perene que pertence à família Saxifragaceae. As suas folhas são decíduas e as suas plumas são de várias cores e muito vistosas. Esta é uma planta que se dá bem em solos húmidos e para crescer corretamente é fundamental que esteja situada num local com alguma sombra. A Astilbe é, sem dúvida, um elemento essencial para a decoração de um jardim florido e a sua plantação deve ser sempre realizada no início da primavera.

8. Peónia Karl Ronsefeld

Peónia Karl Ronsefeld

A Peónia Karl Ronsefeld é uma herbácea perene de beleza rara que é conhecida pelas suas flores cor-de-rosa e vermelhas de grandes dimensões. Trata-se de uma flor que ostenta um aroma único e o seu florescimento acontece sempre durante a estação da primavera. A Peónia Karl Ronsefeld precisa de ter um solo bem drenado e rico em nutrientes para que o seu crescimento nunca seja colocado em causa. Por outro lado, deve ter em consideração que o cultivo desta planta deve ser realizado num local com alguma sombra.

9. Cravina (Dianthus Chinensis)

Cravina (Dianthus Chinensis)

A Cravina ou Dianthus Chinensis é uma planta perene que pertence à família Caryophyllaceae. Trata-se de uma flor que pode ser cultivada num solo húmido e bem drenado ou em vasos de cultivo específicos. Ela apresenta uma folhagem prateada e rosa fluorescente com um perfume picante e é uma das plantas mais utilizadas na constituição de um jardim. A Cravina (Dianthus Chinensis) é uma planta que floresce durante a primavera, exige muito sol e chega a atingir cerca de 17,5 centímetros de altura e 30 centímetros de largura.

10. Viburno (Viburnum Tinus)

Viburno (Viburnum Tinus)  

A Viburno é um tipo de arbusto (Link para o artigo Como transplantar árvores e arbustos) com folhas decíduas e ramos horizontais. É uma planta muito completa e versátil, na medida em que ostenta flores brancas e perfumadas durante a primavera e a sua folhagem mantém-se verde escura durante todo o verão e outono. A Viburno é uma planta que se dá bem em solos húmidos e necessita de estar num local onde tenha uma exposição solar plena. Ela pode atingir cerca de 180 centímetros de altura e 300 a 365 centímetros de largura.

11. Flox

Flox

A Flox é uma planta perene que pertence à família das Polemoniaceae. Trata-se de uma planta que tem cerca de 30 centímetros de altura e apresenta uma ramagem densa, macia e folhas verdes. As suas flores têm diversas formas e cores, uma vez que são brancas, azuis, roxas, vermelhas ou róseas, com misturas entre essas mesmas cores. A Flox é assim uma das plantas mais apreciadas por todos os jardineiros, graças às cores que apresenta, mas também por ser uma planta de fácil cultivo e de pequeno porte. A sua utilização é muito apropriada para um canteiro, vaso ou varanda e transforma por completo um espaço exterior.

12. Abelha Azul ou Delfínio

Abelha Azul ou Delfínio

A Abelha Azul ou Delfínio é uma planta perene que pertence à família Ranunculaceae. Trata-se de uma herbácea ereta, pouco ramificada, com flores azuis, folhagem recortada ou dividida em forma de filamentos longos. O seu cultivo é feito através de sementes que devem ser plantadas num local com exposição plena ao sol e em terreno fertilizado. É uma planta que exige um solo arenoso, permeável, bem drenado e é por isso que necessita de ser frequentemente irrigada.

 

Créditos imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12

 

Média: 4.1 (20 votos)