10 flores que enchem de cor o seu jardim

Sem votos

Um jardim florido é sempre um refresco para os olhos e com um pouco de planeamento nas flores a plantar é possível idealizar uma paleta de cores surpreendentemente bonita. A seguir vamos conhecer 10 flores que enchem de cor qualquer jardim, bem como ficar a saber um pouco mais sobre cada uma delas.

1. Rosa

As rosas são das flores mais populares do mundo e já são plantadas desde a antiguidade. Existem rosas em variadíssimas cores, tamanhos e espécies, apresentando um perfume delicioso e suave. Algumas rosas são fruto de enxertos e cruzamentos realizados ao longo do tempo, e apresentam por isso um maior número de pétalas, um aroma mais forte e cores diferentes das originais.

As rosas têm uma verdadeira linguagem associada à sua diversidade de cores. Não há praticamente jardim algum que não tenha rosas no seu conjunto de flores, podendo estas serem plantadas diretamente na terra, ou cultivadas em vaso. Exigem pouca água e não suportam bem a exposição direta ao sol, embora apreciem luminosidade e calor.

2. Malmequer

Os malmequeres marcam presença em muitos jardins e são flores muito bonitas e coloridas que compõem qualquer vaso ou canteiro. Os malmequeres são plantas fortes e robustas que resistem bem ao calor desde que sejam regadas com frequência e podem ser plantadas a partir de ramos cortados durante a poda.

Existem malmequeres brancos, amarelos, lilases, cor de laranja, grandes, pequenos, médios, altos, baixos e com diversos tamanhos de pétalas. Malmequer é a designação dada a flores como o crisântemo, a margarida, a calêndula e o bem-me-quer.

3. Orquídea

A orquídea dá um toque de requinte e de sofisticação aos jardins onde é plantada. Pertencentes a uma das maiores famílias de plantas existentes, a ordem Asparagales, as orquídeas enfeitam lindamente os canteiros e vasos dos jardins.

Existem orquídeas nas mais variadas cores, formas e tamanhos e é uma flor que se dá bem em todos os continentes exceção feita à Antártida. É uma flor delicada e meramente ornamental que requer alguns cuidados específicos no manuseamento, rega e trato mas a beleza que oferece compensa largamente o esforço que pede.

Evitar a incidência direta do sol da geada, regar cuidadosamente a fertilizar o solo aonde estão plantadas são alguns dos cuidados a ter com as orquídeas em jardim.

4. Tulipa

Flor típica da Holanda a tulipa é muito elegante, esbelta e é escolhida para enfeitar jardins desde há muito tempo. As tulipas podem ser ovais, em forma de lança, oblongas e apresentarem cores e formas bem variadas. Do centro da sua folhagem aparece uma haste ereta com uma única flor de seis pétalas.

A tulipa pertence à família das liláceas e não deve ser manipulada por mãos incautas uma vez que liberta um pó capaz de provocar crises de asma, rinites e conjuntivites. A sua beleza fora do comum faz dela uma escolha acertada para os jardins.

5. Hortênsia

Cor-de-rosa ou azuis, quem é que nunca se deliciou com o aspeto bonito das hortênsias? As hortênsias são muito procuradas para decorar jardins, devido à sua beleza e também graças aos poucos cuidados de que necessitam. Enchendo-se de vistosas flores entre o inicio do verão e final de outono alegram os jardins e os canteiros, bastando poucos pés desta planta para obter um efeito visual impressionante.

Podem estar espalhadas um pouco por todo o lado, desde jardins elegantes a quintais modestos, desde vasos na via publica a decoração de salas de casamentos e jantares especiais. As hortênsias são uma escolha mais do que acertada para integrar um jardim.

6. Amor-perfeito

Existem em mil e uma cores, são pequeninas flores amorosas e deliciosas à vista. Enchem rapidamente os canteiros e são bem mais resistentes às condições atmosféricas do que aquilo que o seu aspeto frágil deixa supor. Dão-se muito bem plantados diretamente na terra do jardim ou em vasos, desde que tenham solo fértil e boa drenagem para que as raízes não apodreçam.

São plantas de pequeno porte e rasteiras, atingindo no máximo 15 cm de altura e cerca de 1,5 cm de diâmetro pelo que não conseguem impressionar pelo tamanho, mas sim pela beleza e graciosidade. Coloque amores-perfeitos no seu jardim e este terá certamente um visual maravilhoso e sempre garrido.

7. Sardinheira

As sardinheiras, flores muito utilizadas nos jardins, quintais e varandas são flores muito resistentes, adaptáveis e belas. Podem ser encontradas em diversas cores tal como vermelho, branco, cor-de-rosa ou cerize. São plantas de altura média que pode ser controlada através de corte consoante queiramos plantas mais ou menos altas.

Dão-se muito bem em vasos ou em terra. Não carecem de cuidados especiais chegando mesmo a crescer de forma espontânea nos terrenos, e sobrevivendo sem quase rega nenhuma. Podem ocasionalmente aparentar secura nos ramos e nas folhas, mas se se proceder a um corte das zonas mais ressequidas rapidamente estarão de novo a florir com força e viço.

São muito indicadas para qualquer tipo de jardim, pois além de belas, fáceis de cuidar ainda exalam um aroma muito característico meio apimentado, meio adocicado, inesquecível.

8. Cravo

O cravo é a flor do craveiro, planta herbácea que pode alcançar até um metro de altura. Os cravos podem ser brancos, amarelos, vermelhos, cor-de-rosa, matizados de branco e rosa, ou até azuis se coloridos artificialmente.

Precisam de solo quente, com muito pouca humidade, exalam um perfume muito suave e agradável utilizado no fabrico de certos perfumes e funcionam muito bem como repulsores de formigas domésticas.

São plantas que ficam bem nos jardins, quer seja envasados ou plantados diretamente em canteiros. São normalmente semeados na primavera e florescem durante o verão.

9. Dedaleira

Para os jardineiros mais audazes temos a dedaleira. Embora seja uma planta venenosa e por isso não aconselhável para espaços frequentados por crianças e animais domésticos, a dedaleira é uma flor de impressionante beleza que enriquece qualquer jardim aonde for colocada.

Muito conhecida pelas suas flores em formato de campainhas brancas ou rosadas a dedaleira é também indicada como planta medicinal que trata a arritmia e a insuficiência cardíaca.

É uma planta que pode atingir 3 a 5 metros de altura e deve ser plantada num jardim de terra húmida, com eficaz drenagem e luminosidade relativamente boa.

Apenas um conselho: manuseie esta planta com todo o cuidado devido à sua toxicidade. Ela é sem dúvida alguma uma mais-valia para o jardim devido à sua beleza, mas é também bastante perigosa.

10. Chorões

Podem ser trazidos consigo de uma ida à praia e pegarão sem nenhuma dificuldade no seu jardim, desde que o terreno seja solto e seco. Os chorões são uma presença frequente nas praias, e nos terrenos banhados por muito sol. Existem chorões amarelos, brancos, roxos e azulados.

As cores que as flores desta planta apresentam são muito bonitas, e alegram o ambiente dos jardins. Tendem a alastrar facilmente pela terra e a cobrir eficazmente grandes extensões de terreno. Não carecem de cuidados especiais, suportam o calor, a exposição direta ao sol, são resistentes à passagem de pessoas e animais.

Por vezes pode chegar-se a pensar que a planta secou totalmente devido ao aspeto ressequido que apresentam, mas passado pouco tempo dos ramos secos brotam novas extensões verdes e as flores não tardam a aparecer.

Escolher flores para um jardim é uma tarefa muito agradável, mas bastante complicada devido à enorme variedade de oferta. Contudo um jardim nunca está definitivamente acabado de se construir. As flores e plantas são seres vivos que se renovam, que se cruzam e que se adaptam a novas espécies e a novos desafios. Você pode ter um jardim novo todos os anos se souber cruzar bem as sementeiras. Escolha as flores de que mais gosta e vá depois mudado de decoração. As possibilidades são infinitas.

 

Imagens: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10
Sem votos